Facebook Youtube Instagram
Fundo Padrão Fundo Preto - Alto Contraste

PORTAL COVID-19 DE ARAPONGAS

Homenagens e reflexões sobre efeitos da pandemia marcam posse da nova diretoria do Sima

ADMINISTRAÇÃO | Em 04/10/2021 às 13h45, atualizado em 04/10/2021 às 13h50 Por Assessoria de Imprensa
Homenagem a Fernando Marques, Sandra Onofre e Moacir Paludetto, pelo trabalho da saúde.

Uma noite de homenagens e de reflexões sobre o momento trazido pela pandemia no Brasil e no mundo marcou a posse da nova diretoria do Sindicato das Indústrias de Móveis de Arapongas (Sima), nessa sexta-feira (01), no Buffet Porto da Serra. “Vivemos um momento de mudança e transformação”, afirmou Irineu Munhoz, que deixou a presidência do Sima depois de dois mandatos (2015/2018 e 2018/2021). Ele destacou algumas conquistas alcançadas pelas diretorias que passaram pelo Sima, como a parceria com a Apex-Brasil, a criação do EcoSelo para as empresas que cumprem integralmente as leis ambientais, a criação do Centro de Tecnologia em Ação e Desenvolvimento Sustentável (Cetec), a fundação do Expoara e outras ações que mostraram para o Brasil e o exterior a força do associativismo do polo moveleiro de Arapongas. “Esses dois últimos anos foram marcados por muitas incertezas, porém sabemos que o Sima é o local para, juntos, alavancarmos o futuro das nossas empresas”, acrescentou Munhoz.

José Lopes Aquino, o novo presidente, enfatizou que a vida foi o bem maior perdido com a pandemia e manifestou solidariedade com as famílias atingidas. Ele também destacou os desafios que a diretoria do Sima tem pela frente na defesa não só do polo moveleiro, mas também da indústria brasileira como um todo. “Nos últimos dez anos, segundo o IBGE, o PIB do País cresceu a um ritmo médio de 1% ao ano. No mesmo período, a indústria encolheu 1,6% anualmente, em média. Em 25 anos, a participação da indústria de transformação desabou de 20% para 11% em relação ao PIB nacional, ou seja, perdemos quase 50% em nossa representatividade”, avaliou Aquino.

Para ele, os números mostram que, de longa data, está acontecendo algo inverso aos interesses do país e do povo brasileiro na condução da política econômica. “O setor industrial, que tem um dos maiores potenciais de gerar empregos, está definhando por não existir um projeto adequado, estruturado, para que a indústria de transformação possa atuar na sua plenitude”, acrescentou o presidente. Na sua opinião, um dos caminhos é o trabalho conjunto das entidades empresariais com os governos federais, estaduais e municipais, exigindo articulação não para obter subsídios e favores para pequenos grupos, mas sim para se construir um projeto que atenda a necessidade de toda a indústria nacional. Ele concluiu exaltando a qualidade do empresariado. “O empresário nato, o empreendedor, tem por característica ser um grande otimista. Somos resilientes. As desventuras do caminho se tornam combustível para a superação de toda e qualquer dificuldade e assim continuarmos a missão”, frisou.

O presidente do Sistema Fiep, Carlos Valter Martins Pedro, também destacou a importância do polo moveleiro de Arapongas na economia estadual e nacional. “Quem faz a representação institucional do segmento de móveis de Arapongas é o Sima. Que possamos seguir como grandes parceiros”, destacou. O prefeito Sérgio Onofre falou sobre a união entre o poder público municipal e o setor moveleiro. “Arapongas enfrentou a pandemia com união, tomando as medidas sanitárias que o momento exige, mas na medida do possível sem prejudicar a produção e os empregos na indústria e no comércio”, avaliou.

O cerimonial também registrou um minuto de silêncio em memória das vítimas da pandemia no município, especialmente no setor industrial, onde a Covid-19 ceifou vidas entre empresários e trabalhadores. Também foram homenageados, pelo empenho e dedicação durante a pandemia, o secretário municipal de Saúde, Moacir Paludetto Júnior, o superintendente médico da Secretaria de Saúde, Fernando Marques, e a diretora geral da Saúde, Sandra Onofre Cita. O deputado estadual Cobra Repórter foi homenageado pelo apoio ao segmento junto à Assembleia e governo estadual.

O evento teve ainda a presença do superintendente do Ministério do Trabalho no Paraná, Paulo Kroneis, do presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Arapongas (Sticma), Carlos Roberto da Cunha, do pastor Genival Cruz, de representantes da Associação Brasileira da Indústria do Mobiliário (Abimóvel), de clubes de serviço, entre outros convidados.


Prefeito Sérgio Onofre recebe homenagem pelos investimentos em Arapongas.
José Lopes Aquino, novo presidente do Sima, e Irineu Munhoz.
José Lopes Aquino com equipe: desafio de representar os interesses do polo moveleiro.
O evento foi prestigiado por lideranças empresariais, políticas e entidades
A solenidade de posse aconteceu na noite de sexta-feira, no Buffet Porto da Serra
Vice-prefeito, Jair Milani, marcou presença do evento.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS







Endereço da página com a matéria completa:
https://www.arapongas.pr.gov.br/9703_noticia_homenagens-e-reflexoes-sobre-efeitos-da-pandemia-marcam-posse-da-nova-diretoria-do-sima


Voltar ao Topo do Site