Facebook Youtube Instagram
Fundo Padrão Fundo Preto - Alto Contraste

BOLETIM ATUALIZADO DO CORONAVÍRUS EM ARAPONGAS

Boletim da dengue: Controle de Endemias confirma 31 casos positivos

SAÚDE | Em 19/02/2020 às 15h38, atualizado em 19/02/2020 às 15h45 Por Assessoria de Imprensa
31 casos foram confirmados em Arapongas

A Secretaria Municipal de Saúde reforça o combate e alerta contra a dengue. Conforme o boletim semanal do Controle de Endemias, divulgado nesta quarta-feira (19), Arapongas apresenta 31 casos confirmados da doença. São 19 a mais, se comparados aos dados da semana passada. Em relação ao total de notificações, são 220, sendo 63 em investigação e 126 com resultados negativos. “Dos casos positivos em Arapongas, 19 são importados e 12 foram adquiridos no próprio município. Não podemos cessar os cuidados. A atenção deve ser redobrada em todos os bairros, áreas rurais e distrito de Aricanduva.  Novamente, salientamos que a população seja parceira e coopere com os nossos agentes de combate a endemias mantendo os quintais e espaços públicos limpos, eliminando os focos propícios para a proliferação”, orienta o secretário de Saúde, Moacir Paludetto Jr.

O coordenador do Controle de Endemias, Valdecir Pardini, reitera que até o momento as regiões com maior número de casos positivos ou suspeitos para dengue já receberam aplicações do inseticida Malathion, sendo eles: Alto da Boa Vista, São Bento, Palmares, Padre Bernardo, Jardim Planalto, Conjunto Piacenza, Corina Pugliese, Jardim Petrópolis, Vila Cascata, Jardim Baronesa e Jardim Santo Antônio. “Na região sul, boa parte recebeu o inseticida, sendo o local com grande número de registros de dengue ou suspeitas. Nos demais bairros, as aplicações também ocorrem nas localidades mais críticas. Vale lembrar que apenas o inseticida não é suficiente, devemos executar um conjunto de ações para o combate à dengue, eliminando os focos de água parada”, frisa.

As recomendações reforçam também que a população inclua nos cuidados a instalação de telas de proteção em janelas, uso de repelentes, somados à limpeza e eliminação do acúmulo de água parada, que pode acontecer em vasos de plantas, garrafas, pneus, caixas d’água, calhas, reservatório da geladeira, entre outros.

Nesta quarta (19), uma nova etapa de bloqueio com a aplicação do inseticida acontece no Jardim Alto da Boa Vista. Nos próximos dias, os serviços serão estendidos para o Conjunto Flamingos e San Raphael.

Em caso de orientações, denúncias e demais informações, a população deve contatar o Controle de Endemias, através dos telefones 3902-1079 ou 153 – Guarda Ambiental.

 

Caso Sanepar

Ainda nesta quarta,19, um vídeo que mostra uma lagoa de tratamento da Sanepar de Arapongas, na região do Jardim Santa Alice, repleta de larvas viralizou nas redes sociais. Conforme Pardini, anteriormente, muitos moradores de bairros próximos ao local enviaram notificações ao Controle de Endemias reclamando do alto número de pernilongos, em maior escala no período noturno.

Diante dos fatos, agentes foram até a lagoa de tratamento da Sanepar, onde foi constatado que em parte do local havia a presença aguapés – plantas que servem para purificação da água. Contudo, a sombra da planta na água favoreceu a proliferação de pernilongos comuns, os chamados “culex”. “Nós fizemos várias coletas no local, identificamos todas as larvas e todas são de pernilongos comuns. Por isso, grande queixa dos moradores daquela região. Garantimos que as larvas não são do Aedes aegypt, sendo que essa água em específico não é a ideal para a desova deste mosquito e sim do mosquito comum”, explica.

Após todas as checagens, o Controle de Endemias retomou o contato com os responsáveis da Sanepar-Arapongas, que decidiram pela retirada dos aguapés. Em nota, a empresa informa que houve ainda a tentativa de pulverizar a área com bioinseticida, mas mesmo assim não teria sido suficiente. Por isso, devido ao incômodo causado nas imediações da Estação, a Sanepar iniciou a retirada dos aguapés, processo que deverá ser concluído na próxima semana.

No Paraná

Dados – O boletim divulgado ontem pela Sesa aponta 26.692 casos confirmados de dengue no Estado, com 23 óbitos. O monitoramento que teve início de 28 de julho de 2019.


Serviços de retirada de águapes em lagoa de tratamento da Sanepar

ÚLTIMAS NOTÍCIAS






Endereço da página com a matéria completa:
https://www.arapongas.pr.gov.br/7277_noticia_boletim-da-dengue-controle-de-endemias-confirma-31-casos-positivos


Voltar ao Topo do Site