Facebook Youtube Instagram
Fundo Padrão Fundo Preto - Alto Contraste

Arapongas discute implantação de centro terapêutico para dependentes químicos

SAÚDE | Em 25/06/2014 às 09h35 - Por Assessoria de Imprensa
Local destinado a implantação é visitado pelo prefeito, secretário e equipe de saúde
Representantes de diversos segmentos se reuniram recentemente, no Centro Administrativo da prefeitura, para estudar a possibilidade de instalação do primeiro centro terapêutico para recuperação de dependentes em álcool e drogas ilícitas de Arapongas. O prefeito Padre Beffa participou da reunião e falou da importância deste passo inicial e sugeriu parcerias entre o município e entidades ligadas ao assunto para viabilizar este projeto. “Iniciativas como esta enchem de esperança aquelas famílias que sofrem com a questão das drogas e o ácool e por isso, podem contar com nosso apoio, para enfrentar com seriedade e determinação esta problemática”, disse o prefeito.

Conforme o secretário de Saúde, Alcides Livrari Junior, a reunião é o primeiro passo para a instalação de um centro de recuperação na cidade, informando ainda que o município já doou uma área de sete alqueires na Gleba Novo Mundo e a Secretaria de Obras já tem o projeto arquitetônico das instalações físicas, que teriam capacidade de atendimento para 96 vagas e estão orçadas em aproximadamente R$ 1.2 milhão. “Acreditamos que o espaço disponibilizado deverá servir para abrigar uma boa estrutura de atendimento e o próximo passo agora, será captar parcerias e recursos a serem investidos na sua construção e depois definir responsabilidades sobre a gestão funcional do projeto”, avaliou Alcides.

Participaram da reunião, além de representantes das Secretarias Municipal de Saúde e Assistência Social, lideranças católicas e evangélicas, vereadores e o presidente do Conselho Municipal Anti Drogas (COMAD), Antonio Carlos Faria.

Dando continuidade a intenção de utilizar o terreno para construção do centro terapêutico, nesta terça-feira, 24, autoridades e membros da equipe de saúde visitaram a propriedade para conhecer e analisar o espaço. Na oportunidade a equipe levantou ideias e possibilidades para instalação de uma casa de recuperação no terreno. “A nossa intenção é ter nesta propriedade pública uma comunidade terapêutica que ofereça um ambiente de recuperação para as pessoas que buscam tratamento para se libertar do uso excessivo de drogas e neste espaço será possível trabalhar com uma terapia laboral”, destacou Alcides durante a visita.

Atualmente 110 jovens araponguenses encontram-se em tratamento em diferentes centros de recuperação da região e existe mais uma demanda de 300 deles, que também querem se tratar do vício, seja álcool e/ou drogas.”Portanto, uma demanda que justifica a mobilização de toda sociedade organizada na viabilização deste projeto”, justificou o secretário.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS






Endereço da página com a matéria completa:
http://www.arapongas.pr.gov.br/1393_noticia_arapongas-discute-implantacao-de-centro-terapeutico-para-dependentes-quimicos

Voltar ao Topo do Site