Facebook Youtube Instagram
Fundo Padrão Fundo Preto - Alto Contraste

PORTAL CORONAVÍRUS DE ARAPONGAS

Diretran esclarece sobre aplicação de verbas de multas

SEGURANÇA E TRÂNSITO | Em 18/09/2013 às 08h00 - Por Assessoria de Imprensa
Valores percebidos voltam à população em serviços essenciais do sistema viário
Conforme a diretoria de Trânsito, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Segurança Pública, em Arapongas a aplicação de verbas advindas das multas de trânsito obedece a Lei e cumpre a risca o percentual de aplicabilidade destinado a atender despesas públicas com sinalização, engenharia de tráfego, de campo, policiamento, fiscalização e principalmente em ações de educação de trânsito, conforme institui a Portaria nº 407, que criou em 2011, a Cartilha de Aplicação de Recursos Arrecadados Com a Cobrança de Multas de Trânsito.

Segundo explica o diretor de Trânsito, tenente Aparecido, somente neste setor (educação de trânsito), a prefeitura, através do Fundo Municipal de Trânsito, aplicou o recurso com multas de trânsito nos seis primeiros meses deste ano com projetos de execução e implantação de sinalização viária horizontal e vertical e implantação e manutenção de sistemas semafóricos.”Sabemos que estes dois setores (educação e sinalização de trânsito), são considerados de suma importância para a segurança de trânsito e portanto respeitamos e cumprimos o percentual de aplicabilidade com transparência e principalmente aliado a um treinamento extensivo de nossos operadores de trânsito para desenvolver diversas atividades de educação junto a comunidade, frisou Aparecido, acrescentando que com o Fundo Municipal de Trânsito também são adquiridos todos os materiais para sinalização viária (Tintas, placas, tachões, maquinários, bem como sua manutenção. “Portanto o dinheiro das multas é revertido para a própria população em serviços essenciais do sistema viário”, sendo que o COMUTS (Conselho Municipal de Trânsito e Segurança Pública) fiscaliza a utilização desse recurso, finalizou.


Convênio com PM

Com ênfase para a importância em se aumentar o efetivo fiscalizador na cidade, desde 21 de setembro de 2009 a prefeitura firmou um convênio o Estado do Paraná através do Funrestran (Fundo de Reequipamento de Trânsito), a Polícia Militar do Paraná (PMPR) e o Departamento de Trânsito (Detran-PR) que prevê que os Agentes de Trânsito da Guarda Municipal execute a função de autuar motoristas flagrados ao cometer infrações de trânsito que antes do convênio eram de competência da Polícia Militar, ao invés de somente aquelas de competência do município.

O diretor classifica como importante a municipalização do trânsito, uma vez que, os Agentes de Trânsito Municipais podem atuar em ações conjuntas de segurança pública, aplicando todos os tipos de multas de trânsito. “Valendo ressaltar que com esta incumbência, os guardas suprem a carência de fiscalização, sobretudo em eventualidades como a falta de efetivo da Polícia Militar, que muitas vezes dificulta e acumula o trabalho realizado por esta instituição”.

O convênio foi renovado em setembro de 2012, por mais 5 anos e prevê que os recursos provenientes da arrecadação das multas de trânsito, já descontados os 5% destinados ao Fundo Nacional de Segurança e Educação de Trânsito é feito da seguinte forma: multas de competência estadual e lavradas por Policiais Militares são 100% para o Funrestran; multas de competência municipal e lavradas por Policiais Militares ficam 60% para o município e 40% para o Funrestran . Já as multas de competência estadual e lavradas por Agentes Municipais, 60% vão para o Funrestran e 40% para o município e as multas de competência municipal e lavrada por Agente Municipal, ficam 100% para o município. “As multas de competência mútua ficam 100% para o Funrestran se lavradas por Policiais Militares e 100% para o município se lavradas por Agentes Municipais”, finalizou Aparecido.

Melhorias na sinalização podem conduzir...
...a uma melhor ação na condução dos motoristas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS






Endereço da página com a matéria completa:
https://www.arapongas.pr.gov.br/882_noticia_diretran-esclarece-sobre-aplicacao-de-verbas-de-multas


Voltar ao Topo do Site