Ir para o conteúdo principal
Facebook Youtube Instagram
Acessibilidade Fundo Padrão Fundo Preto - Alto Contraste

PORTAL COVID-19 / VACINAÇÃO

Maestro Canindé é homenageado em Concerto Big Band e Escolas de Dança

CULTURA | Em 10/06/2024 às 16h28, atualizado em 10/06/2024 às 16h31 Por Assessoria de Imprensa
Maestro Canindé é homenageado em Concerto Big Band e Escolas de Dança


No último dia 06, a Prefeitura de Arapongas, através da Secretaria da Cultura, Lazer e Eventos (Secle), reuniu grande público durante o Concerto Big Band e Escolas de Dança, no Cine Teatro Mauá. Além de marcar também as melhorias realizadas no espaço cultura, o momento homenageou o maestro Maestro Francisco Canindé da Silva, também conhecido por maestro Canindé. O concerto foi prestigiado também pelo prefeito Sérgio Onofre. HOMENAGEM – A grande estrela da noite, maestro Canindé, 85 anos, foi reconhecido por toda dedicação ao segmento musical e cultural. Com isso, a Band Big de Arapongas passa a se chamar “Big Band Maestro Canindé". O secretário da Cultura, Geison Cortez, falou sobre o momento tão especial. “É algo que nos causa muita emoção. Poder homenagear este grande mestre da cultura é algo fantástico. Assim ele sentiu nosso carinho e eterna admiração”, mencionou. 
MAIS SOBRE O HOMEGEADO
Francisco Canindé da Silva 

Nascido em 14 de outubro de 1936, no interior do Rio Grande do Norte (RN), Francisco Canindé da Silva, carinhosamente conhecido por maestro Canindé, ainda muito pequeno mudou-se para Natal, onde permaneceu até seus 15 anos.  Em 1945, ainda jovem, recebeu oferta de emprego no Paraná. 
Após alguns dias em uma embarcação, Canindé chegou em São Paulo (SP), no Porto de Santos. Estabeleceu-se em Ourinhos, onde não encontrou a expansão profissional que desejava na época. Foi então que embarcou para Arapongas (PR), juntamente com seus familiares. Na “Cidade dos Pássaros” após muito trabalho e dedicação, seu tio resolveu construir um imóvel. Imóvel esse que se localizava ao lado da Praça Mauá. Com visão empreendedora, seu tio fez um Totem - com apenas um pavimento, sendo considerado o primeiro Hotel de um só andar na cidade.  
Com olhar visionário, Francisco Canindé observou que Arapongas tinha potencial de desenvolvimento, mas ainda não comportando condições para o seu crescimento pessoal e seus sonhos. Analisou e viu que a região de Londrina se encontrava em maior expansão; devido à instalação da Linha Férrea, que ligava o município de Londrina até Ourinhos. Canindé, não pensou duas vezes, pegou seus pertences e, acompanhado de seus familiares, embarcou para Londrina.  
Carismático e afetuoso, Canindé chamava atenção por onde passava. Sua caligrafia e seu dom para música eram notórios. Então, o menino do Nordeste, começou a trabalhar no Departamento de Trânsito de Londrina.  Amigos da época fizeram um convite para que ele participasse de bandas musicais da região – em Londrina e também em Arapongas e Apucarana. Entre os anos de 1969 a 1978, Canindé participou da Banda do 5º Batalhão da Polícia Militar do Paraná, em Londrina. Neste momento, começou como componente da banda. E por fim, tornou-se 2º sargento, por nomeação vinda do Comando Geral. Notando que a Banda do 5º Batalhão da Polícia Militar do Paraná necessitava de maestro, logo veio o convite para que Canindé assumisse o posto oficial na banda. 
Em 1979, após deixar a Polícia Militar, Canindé dedicou-se à banda Municipal de Arapongas – nominada “Banda Sinfônica de Arapongas”, devido a participação de diversos instrumentos de sopro. De 1979 a 2002, Canindé foi maestro e músico, deixando um exemplo na história da música em Arapongas. 
Formação
Sua formação musical originou-se de mestres ancestrais que passaram de geração em geração seus ensinamentos musicais. Francisco Canindé da Silva é considerado um mestre do saber pela Secretaria de Cultura.


Maestro Francisco Canindé da Silva
Secretário da Cultura, Geison Cortez

ÚLTIMAS NOTÍCIAS







Endereço da página com a matéria completa:
https://www.arapongas.pr.gov.br/13088_noticia_maestro-caninde-e-homenageado-em-concerto-big-band-e-escolas-de-danca

Voltar ao Topo do Site