Facebook Youtube Instagram
Fundo Padrão Fundo Preto - Alto Contraste

PORTAL COVID-19 DE ARAPONGAS

VIII Conferência Municipal debate ações e políticas de proteção integral para crianças e adolescentes

ASSISTÊNCIA SOCIAL | Em 08/12/2022 às 15h44, atualizado em 08/12/2022 às 19h12 Por Assessoria de Imprensa

Nesta quinta-feira, 08, Arapongas realizou a VIII Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, promovida pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, com apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas). Neste ano, o evento teve como tema central: “ A situação dos direitos humanos de crianças e adolescentes em tempos de pandemia pela covid-19: violações e vulnerabilidades de crianças e adolescentes, ações necessárias para reparação e garantia de políticas de proteção integral, com respeito à diversidade”. O ato ocorreu no salão da Igreja Presbiteriana Renovada Central, contando com a presença do vice-prefeito, Jair Milani, da secretária da Semas, Ismailda Ferreira de Lima da Silva, o promotor de Justiça da 2ª. Promotoria de Justiça de Arapongas, Marcos Vinicius Pesenti, presidente do CMDCA, Nilson Ribeiro da Silva, secretários municipais, vereadores, demais entidades e clubes de serviços. “ São debates importantes que trazem à tona temas atuais e de relevância. O pós-pandemia trouxe desafios em diversos segmentos e, garantir propostas e ações efetivas em defesa e cuidado das nossas crianças e adolescentes é necessário. De maneira integrada e colaborativa conseguiremos fazer um bom trabalho”, acrescentou a secretária da pasta, Ismailda.

PROPOSTAS

No decorrer do evento, foram apresentados os cinco eixos temáticos pertinentes ao tema da VIII Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. Foram eles:

1. Promoção e garantia dos direitos humanos de crianças e adolescentes no contexto pandêmico e pós-pandemia.

2. Enfrentamento das violações e vulnerabilidades resultantes da pandemia da Covid-19.

3. Ampliação e consolidação da participação de crianças e adolescentes nos espaços de discussão e deliberação de políticas públicas de promoção, proteção e defesa dos seus direitos, durante e pós-pandemia.

4. Participação da sociedade na deliberação, execução, gestão e controle social de políticas públicas de promoção, proteção e defesa dos direitos de crianças e adolescentes considerando o cenário pandêmico.

5. Garantia de recursos para as políticas públicas voltadas para as crianças e adolescentes durante e pós-pandemia da Covid-19.

Na sequência, a adolescente Lavínia Norbiato Rodrigues; membro da Comissão Organizadora da VII Conferência sobre os direitos da criança e do adolescente de Arapongas, fez a que a leitura do regimento interno, passando por aprovação da plenária.

Também no decorrer do evento, os presentes acompanharam uma palestra com o Valdir Anhucci, assistente social e atua como professor do curso de Serviço Social pela Unespar -  Campus de Apucarana. Participaram de coffe break, apresentação das propostas apresentadas levantadas em cada eixo e eleição dos delegados que participarão da Conferência Estadual – prevista para julho de 2023.



ÚLTIMAS NOTÍCIAS







Endereço da página com a matéria completa:
https://www.arapongas.pr.gov.br/11408_noticia_viii-conferencia-municipal-debate-acoes-e-politicas-de-protecao-integral-para-criancas-e-adolescentes


Voltar ao Topo do Site