Facebook Youtube Instagram
Fundo Padrão Fundo Preto - Alto Contraste

Merenda Escolar de Arapongas é referência no Estado

Educação com Qualidade | Em 23/11/2011 às 08h00 - Por Assessoria de Imprensa
Nas escolas são servidas quase 8.000 refeições por dia
A merenda escolar é um assunto levado a sério em Arapongas, tanto que o município é considerado referência no Estado. Segundo a Secretaria Municipal de Educação, garantir uma merenda de qualidade, exige dedicação e organização, desde o planejamento, elaboração, orientação, supervisão dos cardápios, aquisição dos gêneros, até o armazenamento apropriado e a capacitação das merendeiras, proporcionando assim uma alimentação adequada, que garanta o bem estar do aluno, facilitando seu aprendizado.

No total a prefeitura mantêm dois centros de distribuição, que basicamente dividem sua atenção entre alunos da Rede Municipal de Ensino e crianças dos Centros Educacionais Infantis. Um deles é a Central de Merendas, que atende 26 Escolas Municipais. Em média são servidas 7.800 refeições diárias pela Central de Merendas, que também atende as duas escolas de período integral (Albor Pimpão e Padre Chico) servindo 3 refeições ao dia.

Outro importante centro de produção e distribuição é o Centro de Referência Nutricional de Arapongas (CERENA), que atende os Centros Educacionais Infantis, em uma média de 4 refeições diárias para cerca de 1.800 crianças. O Centro conta com produção própria de pães e derivados de soja, cuja distribuição também é direcionada para Escolas e entidades filantrópicas, além de famílias cadastradas em programas Federais. Sua produção mensal gira em torno de 116.068 unidades de pão e 5.206 unidades de 200 ml de leite de soja.

O secretário de Educação, Paulo Valério, diz que todo o processo que resulta em uma merenda escolar quantitativa e de qualidade começa com a aquisição dos alimentos, acrescentando que os gêneros hortifrutigranjeiros são comprados diretamente do produtor rural, através do Programa Compra Direta, incentivando assim o comércio local.

Ele também destaca o cardápio, que é elaborado por uma nutricionista, sendo que todo alimento que será incluído pela primeira vez no cardápio, passa por um teste de aceitabilidade, realizado em pelo menos duas escolas, onde só será aprovado se tiver uma aceitação acima de 80%. “A nutricionista também faz visitas periódicas em todas as escolas, onde é avaliada a higiene pessoal e uniformização das merendeiras, higiene e organização da cozinha e do depósito de merenda e acompanhamento do cardápio”, acrescenta.

O prefeito Beto Pugliese, finaliza destacando que sempre colocou a Merenda Escolar como prioridade e buscou desde o início de seu mandato melhorar cada vez mais o setor, por entender que uma criança bem alimentada, tem um rendimento escolar melhor.” A escola deve entender a educação não só como a transmissão de conteúdo, mas também como formação do cidadão e nesse contexto, a alimentação tem seu papel na busca da promoção da saúde, suprindo as necessidades nutricionais dos alunos e garantindo seu bem estar, ânimo e atenção ao aprendizado”, concluiu..



ÚLTIMAS NOTÍCIAS






Endereço da página com a matéria completa:
http://www.arapongas.pr.gov.br/180_noticia_merenda-escolar-de-arapongas-e-referencia-no-estado

Voltar ao Topo do Site