Facebook Youtube Instagram
Fundo Padrão Fundo Preto - Alto Contraste

Política Habitacional de Arapongas é modelo para o Estado

ASSISTÊNCIA SOCIAL | Em 18/09/2014 às 16h30, atualizado em 18/09/2014 às 16h58 Por Assessoria de Imprensa
Secretária recebe visitantes que vieram conhecer a política habitacional do município
Nesta semana a secretária de Assistência Social, Carmen Astuti Bertasso, recebeu a visita de representantes da prefeitura de Santa Terezinha do Itaipu, município de 22 mil habitantes localizado na região oeste do Estado, que vieram conhecer o modelo de gestão habitacional de Arapongas, considerado referência no setor.

A comitiva foi composta por Luiza Benedet Kalichevski, diretora do departamento de Habitação da prefeitura de Santa Terezinha do Itaipu e Vanesa Marcelino Fernandes, operadora do CADE/Único, daquele município. Elas foram recepcionadas na sede da Secretaria de Assistência Social, pela secretária Carmen Astuti e assessoras, que expuseram para as visitantes alguns aspectos técnicos e operacionais do programa habitacional de Arapongas, com ênfase para os processos de cadastro, editais, envio de dados ao STA e elaboração de dossiês. "Todos aspectos considerados de suma importância para a lisura, eficiência e transparência na elaboração de projetos habitacionais e que acabaram colocando nosso município como referência para o setor", acrescentou Carmen Astuti.

A diretora de Habitação comentou que esta visita técnica será de muita utilidade para os projetos habitacionais que a prefeitura de Santa Terezinha do Itaipu tem em vista, sendo que o modelo de Arapongas foi sugerido pelos próprios gestores Federais de programas habitacionais, como o Banco do Brasil, por exemplo. "Hoje temos um déficit de 500 moradias em nosso município e a intenção e atuar nos mesmos moldes do município de Arapongas, que vem conseguindo combater seu deficit habitacional de forma competente e justa", disse Luiza Benedet.

O prefeito padre Beffa comentou sobre a visita, destacando que a atual política governamental de combate ao déficit habitacional em Arapongas, leva principalmente em consideração atender aquelas famílias que realmente necessitem de moradia, o que justifica toda lisura e transparência nos processos de cadastramento e sorteio de casas. "Dar casa para quem realmente precisa. Esta tem sido nossa principal politica no setor", disse o prefeito.

Sorteio é realizado na presença dos participantes previamente cadastrados - Arquivo
Momento de um dos sorteios com o público cadastrado presente - Arquivo
Prefeito afirma que a política de lisura e transparência será mantida - Foto arquivo

ÚLTIMAS NOTÍCIAS






Endereço da página com a matéria completa:
http://www.arapongas.pr.gov.br/1607_noticia_politica-habitacional-de-arapongas-e-modelo-para-o-estado

Voltar ao Topo do Site